Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Emoção e pioneirismo marcaram defesa do primeiro TCC em libras do IFTO

Notícias

Emoção e pioneirismo marcaram defesa do primeiro TCC em libras do IFTO

Incluão

O trabalho foi apresentado na unidade de Porto Nacional pelo estudante Rivaldo Pereira
por publicado: 06/12/2023 12h18 última modificação: 07/12/2023 20h21

 Com informações da unidade de Porto Nacional 

"Acessibilidade no curso de Licenciatura da Computação IFTO/Campus Porto Nacional: um relato de experiência de um acadêmico surdo". Esse foi o tema da defesa do primeiro Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Libras do IFTO. O trabalho foi elaborado pelo estudante de Licenciatura em Computação,  Rivaldo Pereira,  e apresentado na sexta-feira, 1 de dezembro, na unidade de Porto Nacional do IFTO. 

No momento de sua defesa, Rivaldo compartilhou com todos os presentes, relatos e vivências que se deram desde a empolgação de participação na seleção de entrada no IFTO  até os momentos de aflição para a conclusão do seu TCC.

A comunidade acadêmica e a comunidade externa se fizeram presente de forma significativa, ocupando todos os assentos da sala de apresentação, ninguém queria perder esse momento ímpar no IFTO. 

Para o intérprete em Libras examinador do TCC, Eliseu Silva, a apresentação foi um momento marcante, tendo em vista que o IFTO vem cumprindo, de maneira proeminente, o seu papel de inclusão social. A estudante do curso técnico em meio ambiente, Hellen Cristina, que possui baixa audição, relatou que se sentiu representada durante a defesa, uma vez que os espaços acadêmicos, independentemente de qualquer modalidade, devem ser ocupados por todos. 

Na ocasião, toda a apresentação em libras do aluno foi traduzida simultaneamente de forma oral pela servidora intérprete de libras, Lelma Nunes. A banca de avaliação foi composta pelos professores Edilson Leite, Rosinete Libanio, Marcony Messias, pela técnica em assuntos educacionais Marilene Dantas e pelo intérprete Eliseu.  

Vale destacar que a defesa do  TCC  em Libras é um passo relevante na promoção e manutenção da inclusão das pessoas surdas no IFTO.