Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projeto do Campus Avançado Formoso do Araguaia é selecionado para o programa Power4Girls

Notícias

Projeto do Campus Avançado Formoso do Araguaia é selecionado para o programa Power4Girls

Empreendedorismo

Projeto +C no agro visa auxiliar produtores rurais em uso e manejo sustentável do solo
por Thâmara Filgueiras publicado: 08/02/2022 15h19 última modificação: 19/10/2022 11h05
Logo do projeto

Logo do projeto

Uma equipe formada por quatro estudantes orientadas pela professora Risely Ferraz, do Campus Avançado Formoso do Araguaia pretendem desenvolver um projeto que tem como objetivo principal contribuir para o manejo e uso adequados do solo. Mas o projeto acaba por ser muito mais amplo, e reúne preocupações com o meio ambiente, empreendedorismo e empoderamento feminino.

O projeto +C no Agro pretende desenvolver uma plataforma que auxilie produtores rurais na mensuração, no cálculo e na indicação de práticas de manejo e uso do solo que visem o aumento da quantidade de carbono no sistema e, ao mesmo tempo, contribua para a redução da emissão de gases de efeito estufa na atmosfera.

Além disso, o projeto foi selecionado para integrar o programa Power4Girls, de iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e do Instituto Gloria. O programa é voltado para incentivar o desenvolvimento de ações empreendedoras e inovadoras por meninas estudantes do ensino médio da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

"A nossa plataforma será uma ferramenta que auxiliará o produtor na utilização de sistemas de produção mais sustentáveis", disse a orientadora do projeto, professora Risely, Ferraz. "E o Power4Girl vai ser uma oportunidade incrível para as nossas "IF-girls", e contribuirá para o desenvolvimento e empoderamento das estudantes", completou.   

A equipe, formada pelas estudantes Hylma Rayza Azevedo Sousa, Ana Beatriz Sousa Araújo, Kaillany Cabral Oliveira e Mariana Cerqueira Oliveira, é orientada pela professora Risely Ferraz. O projeto, que está em fase inicial de desenvolvimento, será apresentado publicamente em uma feira de inovação que acontecerá em Brasília, em setembro deste ano.

"Eu me senti feliz por ter sido escolhida para participar desse projeto e acho muito importante a iniciativa do programa, pois quanto mais meninas se ajudarem, melhor para todas nós", disse a estudante Hylma Sousa.

A gerente de ensino da unidade parabenizou a iniciativa da equipe. "A participação será muito importante não apenas para as estudantes da equipe, mas para todas as estudantes do nosso campus", disse Márcia Ribeiro.