Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO tem projetos selecionados em editais de fomento voltados para o desenvolvimento da Amazônia Legal

Notícias

IFTO tem projetos selecionados em editais de fomento voltados para o desenvolvimento da Amazônia Legal

Conquistas

Pesquisas podem gerar novas soluções tecnológicas e empreendedorismo
por Mayana Matos publicado: 21/03/2022 17h00 última modificação: 28/03/2022 12h00

Ideias inovadoras desenvolvidas por pesquisadores do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) foram contempladas em editais de fomento para planos de inovação voltados ao desenvolvimento da Amazônia Legal, com potencial de gerarem novas soluções de base tecnológica e de empreendedorismo no mercado produtivo regional. 

Foram selecionados os seguintes projetos: 

O plano de inovação Monitoramento e Automação em Plataforma IOT, desenvolvido pelo professor do IFTO Marcus André Pereira Oliveira, do Campus Palmas, que teve o apoio da incubadora do IFTO desde o ano de 2018, foi aprovado pelos editais CATALIZA ICT e INOVA AMAZÔNIA. O edital é uma iniciativa articulada pelo SEBRAE, em parceria com entidades do ecossistema nacional de inovação, com o objetivo de acelerar e fomentar negócios inovadores de base tecnológica.

O plano de negócio Bio6, foi contemplado  pelo EDITAL INOVA AMAZÔNIA, é um projeto que está em fase de formação de uma spin-off de base tecnológica. É fruto de pesquisa desenvolvida pelo professor Éber Souza, do Campus Paraíso do Tocantins. A Bio6 oferece o desenvolvimento de uma inovação patenteada pelo IFTO em co-titularidade com a UFT.

Também, foi contemplado pelo EDITAL INOVA AMAZÔNIA o plano de negócio EcoOil Company, desenvolvido pelos pesquisadores do IFTO Joni, Samuel, Walmir e Ricardo, do Campus Araguaína, foi contemplado pelo Edital Inova Amazônia, que tem como objetivo gerar novos negócios, agregar valor às empresas existentes e fortalecer o ecossistema de bioeconomia amazônico, por meio da inovação, da sustentabilidade e da conexão entre empreendedores da região e empreendedores de outras localidades.

O projeto Crioscopia para análise do leite, também contemplado pelo EDITAL INOVA AMAZÔNIA, foi desenvolvido por Josenilma da Silva e
Raimundo Nonato R. da Silva, ambos servidores do Campus Colinas do Tocantins. Este projeto tem o objetivo de analisar a qualidade do leite que é produzido e fornecido aos laticínios do Tocantins, de modo a contribuir para o desenvolvimento de negócios sustentáveis e inovadores em bioeconomia, agregando valor aos produtores de leite e às empresas existentes na região tocantinense.

Apoio aos pesquisadores do IFTO

De acordo com a Diretoria de Inovação e Empreendedorismo do IFTO, essas conquistas são frutos dos incentivos que o Instituto, por meio de sua Política de Inovação,  tem buscado dar apoio aos pesquisadores na articulação e parcerias para a inovação tecnológica e fomentar negócios inovadores de base tecnológica, para alavancar a geração, com intuito de fomentar o desenvolvimento regional sustentável.

"Recebemos com muita alegria a notícia da aprovação dos projetos dos editais Catalisa ICT e Inova Amazônia. Foi um processo de seleção muito concorrido. Esse resultado significa o reconhecimento externo do valor e da relevância dos projetos de inovação apoiados pelo IFTO. Para nós corrobora que estamos no caminho certo na implementação das nossas políticas de pesquisa e inovação", disse a pró-reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Paula Karini. 

A diretora de Inovação e Empreendedorismo, Hellén Luz, também destacou a importância desse fomento às pesquisas. "A aprovação nesses editais demonstra a maturidade dos pesquisadores do IFTO que vêm quebrando paradigmas e demonstrando que o processo e transferência de tecnologia para a sociedade pode acontecer por meio do empreendedorismo de base tecnológica, com empreendimentos iniciados com a apoio da instituição", disse. 

A Propi e a Diem comemoram os resultados dos esforços aplicados para o envolvimento dos pesquisadores com o setor produtivo.

(Com informações da Diem)