Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pesquisa revela que salário mínimo deveria ser 4,3 vezes superior para cobrir custo familiar em Palmas

Notícias

Pesquisa revela que salário mínimo deveria ser 4,3 vezes superior para cobrir custo familiar em Palmas

Realizada pelo Naepe e o IF_Consulting

Estudo analisou Índice Inflacionário e Salário Mínimo
por Eliane Vieira publicado: 30/06/2022 17h58 última modificação: 19/10/2022 11h20
Pesquisa feita pelo Naepe e IF_Consulting

Pesquisa feita pelo Naepe e IF_Consulting

Para subsidiar a informação e o conhecimento sobre o custo de vida e o orçamento das famílias residentes na capital e suas imediações, o Núcleo Aplicado de Estudos e Pesquisas Econômicas (Naepe) e o IF_Consulting (Escritório Modelo de Gestão e Negócios - IFTO), do Campus Palmas, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), realizaram a pesquisa: Índice Inflacionário e Salário Mínimo Necessário em Palmas-TO, referente ao mês de junho/2022.

O estudo foi desenvolvido pelos professores Dr. Autenir Carvalho de Rezende (economista e coordenador da pesquisa) e Me. Silas José de Lima, com a colaboração da estudante do curso de Bacharelado em Administração, Eduarda Almeida Miranda. Como objetivos, a pesquisa buscou aferir o custo da Cesta Básica de Alimentos em Palmas; acompanhar a evolução temporal dos preços dos alimentos da Cesta Básica; estimar o Salário Mínimo Necessário à satisfação das necessidades básicas da família (conforme legislação federal); verificar o número de horas de trabalho necessárias para o trabalhador remunerado por salário-mínimo adquirir a Cesta Básica de Alimentos, e ainda; traçar paralelos entre os resultados encontrados e números da conjuntura econômica nacional.

A pesquisa foi realizada em 24 estabelecimentos de Palmas e considerou o valor de 12 itens, que compõem a cesta básica. Como resultados o estudo revelou que o preço da Cesta Básica de Alimentos (CBA) suficiente para atender às necessidades básicas de um trabalhador palmense durante o mês de junho de 2022 foi de R$ 622,88. Assim, para comprar uma cesta básica em junho de 2022, o trabalhador comprometeu 56% do salário mínimo e precisou cumprir uma jornada de trabalho correspondente à 122 horas e 54 minutos.

Custo familiar

Já o custo familiar equivalente da Cesta Básica de Alimentos no mês de junho de 2022, em Palmas, correspondeu ao valor de R$ 1.868,64. Neste caso, trata-se de quantidade suficiente de produtos para atender às necessidades alimentares básicas da família, que conforme convecção metodológica refere-se a um casal de adultos e duas crianças. Deste modo, o valor do Salário Mínimo Necessário para a satisfação dos preceitos constitucionais (conforme Decreto Lei no 399/38) no município de Palmas durante o mês de junho de 2022 deveria ter sido equivalente a R$ 5.232,82. Ou seja, 4,3 vezes superior ao valor do salário - mínimo bruto vigente em 2022, que é de R$ 1.212,00.

A pesquisa está disponível ao público e pode ser acessada pelo site: https://sites.google.com/ifto.edu.br/ifconsulting