Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Parceria entre IFTO e Secretaria Estadual de Meio Ambiente prevê o plantio de 100 mil mudas nativas por ano

Notícias

Parceria entre IFTO e Secretaria Estadual de Meio Ambiente prevê o plantio de 100 mil mudas nativas por ano

Reflorestamento

Objetivo é o reflorestamento de áreas degradadas
por Mayana Matos publicado: 01/03/2021 11h00 última modificação: 01/03/2021 11h04

O Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Tocantins (Semarh) firmaram parceria para o plantio de mudas nativas com fins de reflorestamento em áreas degradadas em diversas regiões do Estado do Tocantins. A parceria envolve as unidades de Araguatins, Dianópolis e Palmas. 

Durante a reunião, realizada na última terça-feira, 23, com gestores da Semarh, o reitor do IFTO, Antonio da Luz Júnior, enfatizou que a instituição está aberta a esta parceria. "Essa parceria representa oportunidades de ações concretas de Extensão, possibilidade de estágios aos nossos estudantes e prática direta na ação de reflorestamento em nosso Estado, envolvendo as comunidades locais", afirmou Antonio da Luz. As unidades de Araguatins, Dianópolis e Palmas atendem as características necessárias a execução do projeto em áreas, estruturas e qualificação técnica para o plantio. 

Na ocasião, a secretária Miyuki Hyashida ressaltou a importância da parceria. "Para nós é muito bom. O que a gente mais precisa é fazer as ações, mas principalmente possibilitar que elas tenham continuidade. E, para isso, é necessário ter uma gerencia muito boa. E, com as instituições de ensino, nós vamos ter o apoio nessa gerência. Apoio dos alunos, dos pesquisadores, dos professores, da comunidade e de todos os envolvidos tentando nos ajudar. O resultado dessa união é muito bom. A garantia de que teremos um trabalho de qualidade e principalmente ajudar a recuperar nossas nascentes, nossas bacias hidrográficas", disse. 

O viveiro será totalmente automatizado e prevê o plantio e entrega de 100 mil mudas por ano. O investimento será custeado pelo governo do Estado e a primeira unidade a ser contemplada será Araguatins. 

Na reunião, esteve presente o diretor de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos, Aldo Azevedo, e o chefe de gabinete da Reitoria do IFTO, Milton Maciel.