Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO promove encontro de coordenadores de cursos de GPI dos Institutos Federais

Notícias

IFTO promove encontro de coordenadores de cursos de GPI dos Institutos Federais

EVENTO

Possibilidade de parcerias entre os institutos foram firmadas
publicado: 13/04/2021 20h00 última modificação: 06/05/2021 14h45

O Instituto Federal do Tocantins (IFTO) promoveu no último dia 18 março o 1º Encontro de Coordenadores dos Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão da Produção Industrial (GPI) dos Institutos Federais. A iniciativa partiu da unidade de Araguaína por meio da coordenação do curso. 

O evento foi realizado de forma virtual, e contou com a participação do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), representado pelo coordenador Maurício Silva Nascimento do Campus São Paulo; do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), representado pelo coordenador Elton Flach e professor Genildo Nonato Santos, ambos do Campus Nilópolis; e do IFTO, representado pelo coordenador Mateus Dall’Agnol, do Campus Araguaína.

Durante duas horas, os coordenadores apresentaram os cursos, discutiram sobre diretrizes curriculares, possibilidades de se firmar parcerias entre os institutos federais e curricularização da extensão, propuseram ações como participação em coorientação em bancas de trabalho de conclusão de curso, publicação em conjunto, cursos multicampi, e a colaboração e criação de um modelo de pós-graduação interinstitucional. Um calendário de encontros bimestrais para aprofundar ações em rede também foi proposto.

O coordenador de GPI na unidade de Araguaína, professor Mateus Dall’Agnol, ressalta que "a troca de experiências é válida e que o planejamento em conjunto de ações nos fortalece como instituição e os cursos de GPI´s do Brasil", ele enfatiza ainda que "para o IFTO, que tem o mais novo entre os cursos de GPI, essas parecerias vão fortalecer ainda mais as ações de melhorias para os cursos e também para a Rede Federal de Ciência e Tecnologia”.

*Texto com colaboração de Mateus Dall’Agnol.