Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Araguatins recebe instalação de equipamento no Observatório de Física Espacial

Notícias

Campus Araguatins recebe instalação de equipamento no Observatório de Física Espacial

Foi instalado um imageador que monitora bolhas de plasma que comprometem a propagação de ondas de rádio
por Kelinne Guimarães publicado: 20/12/2023 08h08 última modificação: 20/12/2023 08h08

O Observatório de Física Espacial, do Campus Araguatins do IFTO, conta com um novo equipamento, que é o imageador all-sky da rede do programa EMBRACE - Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial do INPE. O principal objetivo do imageador é realizar o monitoramento de bolhas de plasma que comprometem a propagação de ondas de rádio, e por consequência afetam as telecomunicações e o posicionamento via GPS. A instalação ocorreu no início do mês de dezembro por servidores do INPE, o pesquisador Dr. Cristiano Max Wrasse e o técnico Wagner Sarjob Coura Borges. 

O Dr. Cristiano explica que o imageador detecta as luzes noturnas provenientes da emissão do átomo de oxigênio e desta forma é possível monitorar as irregularidades no plasma sobre a região de Araguatins. "O imageador detecta a regiões no espaço onde as bolhas ocorreram, elas são observadas se propagando de oeste para leste e geralmente entre os meses de setembro em março de cada ano. Este é o período típico que se pode observar as bolhas de plasma, que influenciam a propagação das ondas e rádio, causando assim possíveis falhas nas telecomunicações.

Outros equipamentos como este já foram instalados ao longo dos últimos 15 anos, desde a Estação Antártica Comandante Ferraz, São Martinho da Serra (RS), Cachoeira Paulista (SP), Bom Jesus da Lapa (BA), São João do Cariri (PB), Santarém (PA) e o instalado em Araguatins (TO) foi o sétimo. De acordo com o pesquisador Cristiano, a ideia é fazer a cobertura de todo o país para que seja possível realizar o monitoramento em tempo real do clima espacial.

O professor do Campus Araguatins, Dr. Josafá Carvalho Aguiar, lembra que a unidade do Observatório de Física espacial, localizado no Campus Araguatins, foi pioneiro na região norte no monitoramento do clima espacial. Ele acredita que a instalação do novo equipamento aperfeiçoara o trabalho que já vem sendo desenvolvido. ''Esperamos que no próximo ano, as atividades do Observatório possam proporcionar aos nossos estudantes a participação em projetos de pesquisa nesta temática, com vistas em possíveis cursos de pós-graduação na área de física. O programa EMBRACE, já existe há 11 anos, estando bem consolidado nessa área".

O Imageador

O Imageador é um dispositivo óptico composto por uma lente do tipo olho de peixe com campo de visão de 180o, um sistema de filtros e lentes e uma câmera CCD de alta resolução (1024 x 1024 pixels). O instrumento é projetado para observar as emissões da aeroluminescência noturna na região da mesosfera (80 a 100 km de altitude) e da ionosfera (200 a 500 km de altitude), em especial a emissão da Hidroxila (OH 700-900 nm) e do Oxigênio atômico (OI 630 nm).

Observatório de Física Espacial

O Observatório do Campus Araguatins faz parte de uma rede de observatórios localizados nas cidades São José dos Campos (SP), Palmas (TO), Manaus (MA) e Jataí (GO) do grupo de pesquisa do IP&D da UNIVAP-SP, liderado pelo Dr. Paulo Roberto Fagundes.

O principal objetivo do observatório é estudar o acoplamento Sol-Terra, eletrodinâmica da ionosfera e acoplamento entre a alta atmosfera- ionosfera.

Recentemente, as pesquisas relacionadas com a Física da Ionosfera assumiram uma importância muito grande, visto que a ionosfera interfere com a propagação de ondas eletromagnéticas, ondas estas que são utilizadas nas transmissões entre satélite-solo e satélite-satélite. A ionosfera pode absorver, refletir ou refratar a onda eletromagnética. Vale destacar que diariamente fazemos uso frequente de ligações com celulares, transações bancárias, geoprocessamento, agricultura de precisão e do sistema de GPS e todas estas tecnologias dependem da comunicação de satélites.