Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Unidade de Araguatins do IFTO completa 33 anos de atuação

Notícias

Unidade de Araguatins do IFTO completa 33 anos de atuação

Parabéns!

Instituição, que foi criada na década de 80, é referência na oferta de cursos técnicos e superiores na região do Bico do Papagaio
por Kelinne Guimarães publicado: 24/03/2021 21h55 última modificação: 25/03/2021 15h11

Com a missão de proporcionar desenvolvimento educacional, científico e tecnológico no Estado do Tocantins, por meio da formação pessoal e qualificação profissional, há mais de três décadas o Campus Araguatins do IFTO, antiga Escola Agrotécnica Federal de Araguatins (EAFA), têm construído diariamente sua história, formando centenas de profissionais e promovendo ações importantes para melhoria das condições de vida na região do Bico do Papagaio. Nesta quinta-feira, 25 de março, a instituição completará 33 anos, e a expectativa é que sua atuação seja expandida.

Hoje, a unidade de Araguatins do IFTO conta com mais de 1000 estudantes e oferece os seguintes cursos: Técnico em Agropecuária e Técnico em Redes de Computadores Integrados ao Ensino Médio; Técnico em Agropecuária Subsequente; Licenciaturas em Ciências Biológicas e Computação; Bacharelado em Engenharia Agronômica e cursos de pós-graduação em Ensino de Ciências da Natureza e Matemática e Desenvolvimento de Sistema. Além disso, são ofertados, pontualmente, cursos de Formação Inicial Continuada (FIC).

De acordo com o diretor-geral, Josafá Carvalho Aguiar, há um projeto para implantação de um programa de mestrado nos próximos anos. Para o diretor, a oferta crescente de cursos pela instituição comprova seu compromisso com verticalização do ensino.

No entanto, sua atuação não se limita ao ensino, mas envolve também projetos de extensão voltados para o fortalecimento do relacionamento da instituição junto à comunidade e pesquisas que têm como objetivo apresentar soluções tecnológicas e/ou científicas a partir de uma problemática, sendo orientadas por uma metodologia científica.

Assistência Estudantil

É válido destacar que uma das preocupações da unidade de Araguatins é garantir o ingresso e também a permanência de seus estudantes. Nesse sentido, por meio do programa de Assistência Estudantil, são ofertados serviços e auxílios financeiros aos estudantes durante sua trajetória formativa.

Campus Araguatins na pandemia do novo coronavírus

Neste ano, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a instituição não paralisou suas atividades, ofertando aulas remotas e desenvolvendo seus projetos e pesquisas, respeitando as limitações em decorrências das medidas de segurança para evitar a contaminação pela Covid-19.

História

A Escola Agrotécnica Federal de Araguatins –TO foi inaugurada em 25 de março de 1988, iniciando as suas atividades apenas com parte das obras concluídas e um quadro reduzido de pessoal que acumulava funções para que a Escola pudesse funcionar normalmente, mesmo com sacrifício de todos. Como a Escola ainda não tinha estrutura suficiente para a admissão de um grande número de alunos, a primeira turma formada foi de 54 técnicos.

Em 29 de dezembro de 2008, com a sanção da Lei n° 11.892, que instituiu a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e criou os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, a EAFA passou a integrar o Instituto Federal do Tocantins.

Nossos estudantes e egressos

A importância do IFTO, em especial da unidade Araguatins, pode ser observada em relatos de seus egressos, como o professor Edvar de Sousa, ele que hoje faz parte do quadro efetivo de docentes do IFTO, foi estudante do curso Técnico Agrícola da turma de 2003. Para ele, a EAFA/IFTO ofereceu condições e o inspirou para que, após a conclusão do curso técnico integrado ao ensino médio, pudesse ser aprovado em concurso público e ingressasse em um programa de mestrado, seguido de doutorado.

Já para a egressa do curso de licenciatura em Ciências Biológicas, Marinara Cabral, o Campus Araguatins foi imprescindível para a concretização dos seus sonhos pessoais e profissionais. “A instituição viabilizou uma formação acadêmica/profissional de qualidade, bem como uma formação humana, por meio não apenas de uma grade curricular rica e profissionais qualificados, mas como uma instituição com pessoas humanas que acolhem, acompanham e proporcionam um mundo de possibilidades. Meu sentimento sempre será de eterna gratidão a toda essa família IF e por todas as oportunidades e ensinamentos proporcionados pelo Campus Araguatins”, declarou com empolgação a egressa.

O Campus Araguatins conta, também, com a expectativa de estudantes novatos, como a Natalia Lopes de Alcântara, do 1º ano do Curso Técnico em Redes de Computadores. Para ela, “o IFTO é uma instituição de grande prestígio, ainda mais pela competência de seus funcionários e espero ser acolhida presencialmente tão bem quanto fui acolhida de forma on-line. Acredito que mesmo com as dificuldades da pandemia conseguirei o sucesso esperado com a ajuda do IFTO”, declarou a estudante.