Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO promove chá literário "Tem poesia bem aqui" em Colinas do Tocantins

Notícias

IFTO promove chá literário "Tem poesia bem aqui" em Colinas do Tocantins

Literatura

Na ocasião, dois livros foram lançados
por Maiara Sobral publicado: 03/09/2019 13h54 última modificação: 03/09/2019 13h59

Cerca de 200 estudantes do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) prestigiaram o chá literário "Tem poesia bem aqui", em Colinas do Tocantins. O evento aconteceu no dia 29 de agosto e contou com o lançamento de dois livros, que já estão publicados: “Arte na Educação Básica”, cujo capítulo “Anjos de Açúcar catando poesia no chão da Escola” foi escrito pelo professor de Artes, Gleuter Guimarães, e  , com o poema "Solidão", de autoria do estudante Dione Pereira, do 3º ano do curso Técnico em Agropecuária.

É importante destacar que o  livro “Poesia Livre 2019” foi classificado no Concurso Nacional de Novos Poetas. Por sua vez, o capítulo redigido pelo professor Gleuter consiste em parte de sua dissertação de Mestrado em Artes defendida na Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

O estudante Dione Pereira foi o único autor do Tocantins selecionado para publicação de seu poema na antologia poética, que apresenta novos poetas de todo o Brasil. Durante o chá, esteve presente o diretor-geral da unidade, Paulo Hernandes, que ressaltou a importância da leitura e da escrita para o desenvolvimento das atividades artísticas e culturais dentro do IFTO e do incentivo para novos escritores no âmbito da unidade.

Ainda durante o chá literário, foi lançado o projeto de extensão: “Entre pequi, caju e buriti tem poesia bem aqui”, coordenado pelo professor Gleuter, o lançamento contou com participação das estudantes bolsistas Raynara Vinhal e Chirley Lopes como mestres de cerimônia e interpretando o poema escrito pelo estudante Dione.

O professor Gleuter apresentou o livro e destacou a importância da arte na formação integral do indivíduo e o estudante Dione falou do apoio que recebeu para participar do concurso e ter seu poema publicado.

Ao final, os dois autores entregaram exemplares de seus respectivos livros à biblioteca do unidade, recebidos pelo bibliotecário André Luiz Cardoso. A finalização do momento cultural foi marcada pela distribuição de chá para todos os presentes.