Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO aprova projetos para produção de respirador robótico e suporte de maçaneta para portas

Notícias

IFTO aprova projetos para produção de respirador robótico e suporte de maçaneta para portas

Covid-19

Propostas foram aprovadas por meio de edital para enfrentamento ao novo coronavírus
por Maiara Sobral publicado: 27/04/2020 14h46 última modificação: 27/04/2020 14h46
Pra cego ver: Protótipo de suporte para maçaneta de portas, impresso na tecnologia 3D. Fim da descrição.

Pra cego ver: Protótipo de suporte para maçaneta de portas, impresso na tecnologia 3D. Fim da descrição.

O Instituto Federal do Tocantins (IFTO) propôs um desafio aos servidores e estudantes da instituição: soluções para enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Entre os projetos propostos e aprovados estão a produção de respirador robótico e suporte de maçaneta para portas.

Da unidade de Colinas do Tocantins, o projeto "Respirador Robótico - Corona I - Sistema de Automação de Ventilador Pulmonar Manual" visa a criação de um protótipo-piloto, que fará a automatização e o monitoramento da respiração humana. O objetivo é desenvolver um sistema que utilize a própria rede elétrica hospitalar, ligado ao sistema de nobreak,  para evitar problemas ocasionados pela falta de energia.

Segundo o coordenado do projeto, professor Fabiano Tavares, "ao final do projeto, espera-se trazer um produto econômico em todos os aspectos, de produção, comercialização e manutenção do sistema. Com isso, será possível replicar e comercializar o equipamento, tornando sua entrada no mercado nacional menos burocrática, para que possa alcançar o máximo de pacientes hospitalizados possíveis, sendo sua disponibilização inicial para os hospitais regionais".

A equipe do projeto é composta pelos servidores Gelson Schneider e Mikael Batista, além dos estudantes Leandro Reis e Bárbara Manzano. A iniciativa conta com o apoio das empresas: Frois3D - Impressões 3D e Torneadora Palmas - Serviços em Mecânica de Precisão e também do médico Abdiel Ferreira, do  Centro Médico Santa Rosa. O professor Leonardo Amorim integra a equipe da unidade, como convidado.

Suporte de maçaneta para portas

Da unidade de Araguaína, foi aprovado o projeto "Suporte para maçaneta de porta e dispensador de álcool como alternativa para reduzir a disseminação do coronavírus", coordenado pela professora Katiane Braga, e com a participação do professor Jonierson Cruz e de duas estudantes bolsistas do Ensino Médio, Monalisa Gama e Ana Paula Rodrigues Matos.

"Como trabalhei em hospital durante muitos anos e sabendo da propagação de microorganismos entre os profissionais, procuramos reduzir a propagação do vírus entre os profissionais da saúde. O projeto consiste em reduzir o contato dos profissionais da saúde com superfícies contaminadas (maçanetas) dentro do ambiente hospitalar", destaca a coordenadora do projeto.

Os dispositivos serão produzido usando a tecnologia 3D e a impressora a laser da unidade, também serão produzidos dispensadores de sabão líquido com sensor automático, com o objetivo de facilitar a higiene das mãos. Toda produção será doada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araguaína e o projeto segue até o mês de agosto, existe a articulação para que o projeto seja feito de forma contínua.

Edital de enfrentamento ao novo coronavírus

É importante destacar que o edital de enfrentamento ao novo coronavírus  está com inscrições abertas e recebe propostas em fluxo contínuo, até atingir o número de 20 projetos, com data limite de execução para o dia 28 de agosto deste ano.