Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes do IFTO participam da Campus Party Brasil, em São Paulo

Notícias

Estudantes do IFTO participam da Campus Party Brasil, em São Paulo

Tecnologia

Professor da unidade de Dianópolis foi um dos palestrantes do evento
por Filipe Borges publicado: 20/02/2019 14h00 última modificação: 20/02/2019 14h21

Estudantes do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) participaram, na última semana, da Campus Party Brasil. A feira, que aconteceu em São Paulo entre os dias 13 e 17 de fevereiro, é considerada o maior evento de experiência tecnológica em internet, educação e empreendedorismo do mundo. Estiveram presentes acadêmicos do curso de Licenciatura em Computação do Campus Dianópolis. 

“Uma mistura de imersão, experiências e apresentação de temas relacionados às diversas áreas da tecnologia, empreendedorismo e ciência”, assim é definida a Campus Party Brasil. Realizada na Expo Center Norte, espaço de convenções em SP, a feira foi dividida em oito palcos, oito espaços para workshops e mais de 900 palestrantes. Um deles foi o professor Diego Rodrigues de Castro, doutorando em Ciência da Computação na UFG e professor das disciplinas de programação do curso de Licenciatura em Informática da unidade de Dianópolis do IFTO.

Para o professor Diego, que ministrou uma palestra com o tema “Aprendizagem Inteligente em Jogos Educacionais com o uso de Mineração de Dados e Machine Learning”, a participação de um professor de uma Instituição Federal de Ensino como o IFTO mostra que não há barreiras quando o quesito é desenvolvimento e ciência: “Ser um dos palestrantes foi uma experiência sensacional e serve de estímulo para que outros estudantes e professores submetam suas pesquisas e experimentos a eventos desse porte. Ter minha palestra selecionada mostra que morar num estado como o Tocantins, mais ao norte – longe do eixo RJ-SP - e com menos profissionais dessa área, não afeta em nada a nossa capacidade de criar, pesquisar e de estarmos inseridos no cenário nacional da comunicação, empreendedorismo e educação voltada para a tecnologia,” disse.

Professores e estudantes do IFTO ficaram, ao todo, 4 dias na cidade participando da CPBR12 e tratam a experiência como divisora de águas: “O IFTO ainda não havia tido a oportunidade de ter um representante palestrando um evento de nível internacional dessa natureza. Isso dá uma visibilidade enorme para instituição no sentido de formar parcerias para projetos, além de dar oportunidades de empregos para nossos estudantes e fomentar o networking entre academia e mercado de trabalho”, concluiu o professor.