Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Em Buritirana, IFTO produz silagem para alimentação de ovinos e caprinos

Notícias

Em Buritirana, IFTO produz silagem para alimentação de ovinos e caprinos

Agronegócio

Ação é feita em parceria com Embrapa e Governo do Estado
por Mayana Matos publicado: 04/10/2021 11h40 última modificação: 04/10/2021 11h59

Na última quinta-feira, 30 de setembro, gestores e estudantes do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) visitaram a área de plantio, destinada ao IFTO, no distrito de Buritirana, por meio de parceria com a Embrapa. Na área, foi inicialmente realizado o cultivo de vegetais para produção de silagem, objetivando a nutrição de caprinos e ovinos da unidade de Paraíso do Tocantins. À frente do projeto, está a unidade de Lagoa da Confusão. 

"Viemos para cá com a perspectiva de criar uma estação de pesquisa e com o objetivo de fazer produção vegetal para gerar alimentação animal. Mesmo com uma produção pequena, tivemos um excedente e, com esse excedente, vamos doar para parceiros locais, de assentamentos da região, que colaboraram conosco nessa produção", disse Jardel Barbosa dos Santos, diretor-geral da unidade de Lagoa da Confusão. 

A área é originária de um regime de comodato da Embrapa, com cessão de pleno uso do IFTO. Uma série de ações serão desenvolvidas no local. Futuramente, está previsto o plantio de milho grão, farelo e ração. "Estamos implementando, buscando parcerias e iniciando a estruturação da área. Em seguida, vamos apoiar na execução de pesquisas científicas da comunidade", acrescentou Jardel. 

Na ocasião, representando o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Jaime Café, o diretor de Agrotecnologia, Tecnologias Sociais e Biodiversidade da Seagro, Fernando Garcia, ratificou o apoio às ações do IFTO. "O Estado vê a importância de apoiar a pesquisa, o ensino e a extensão. Levar o conhecimento para os técnicos, para os produtores. Nessa ação em conjunto, ficamos muito satisfeitos. Queremos reafirmar nosso compromisso com o IFTO de levar adiante ações como esta, que contribuem para o desenvolvimento do Tocantins", afirmou. Para esta ação, a secretaria fez a cessão de maquinário e pessoal. 

O reitor do IFTO, Antonio da Luz Júnior, esteve presente no local e falou da importância do projeto. "Além da produção de alimentação para nossos animais, como iniciamos nesta primeira etapa, a unidade de Buritirana será estratégica para o IFTO se consolidar como referência no agronegócio tocantinense. Aqui desenvolveremos projetos de pesquisa e inovação em parceria com iniciativa pública e privada, além de implantarmos uma incubadora de empresas com foco no agronegócio e que necessitem de área agricultável e estrutura física especializada para o desenvolvimento de seus modelos", disse. O momento contou com a presença do representante da Embrapa, Cláudio Barbosa. 

Empresas Juniores

Também estiveram no local estudantes representantes da empresa Agro Júnior da unidade de Palmas. 

"Essas parcerias tendem a trazer diversos benefícios para os alunos do IFTO, das Ciências Agrárias, sejam eles do próprio campus, sejam das demais unidades. Essa parceria será uma oportunidade para os estudantes terem um maior contato entre as empresas, instituições de pesquisa e, a partir disso, gerar projetos e produtos. A Agro Junior tende a auxiliar a comunidade a desenvolver as atividades nesta propriedade", afirmou o acadêmico do curso de Engenharia Agronômica, da unidade de Palmas, e atual presidente da Agro Jr Consultoria (Empresa Júnior de Engenharia e Agronegócio do Campus Palmas), Gabriel Rios Vogado.

Cesar William Albuquerque de Sousa, acadêmico de Engenharia Agronômica, também da unidade de Palmas e ex-presidente da Agro Jr Consultoria, ressaltou a importância da ação. "Acredito que a doação da área representa um passo importante para que a empresa júnior possa ampliar sua área de atuação. A empresa júnior tem uma grande missão de servir aos alunos no desenvolvimento de projetos no ambiente extra sala de aula e ampliar esse campo de atuação, o que deve ser uma busca constante dos líderes da Agro Jr. Ficamos muito felizes com essa iniciativa do IFTO e dos parceiros, sabendo que a Agro Jr tem total capacidade de estar presente no local, desenvolvendo projetos e possibilitando um maior aprendizado e vivência empresarial para os alunos", afirmou.