Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Dianópolis e prefeitura municipal discutem transporte escolar para 2019

Notícias

Campus Dianópolis e prefeitura municipal discutem transporte escolar para 2019

Reunião

Acordos foram firmados para melhor atender estudantes do IFTO
por Filipe Borges publicado: 28/12/2018 10h00 última modificação: 28/12/2018 10h24

O diretor-geral do Campus Dianópolis, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Pietro Lopes, esteve, no dia 17 de dezembro, junto aos servidores e discentes, em uma reunião com o prefeito da cidade de Dianópolis, Padre Gleibson. A pauta foi a continuidade do serviço de transporte público municipal gratuito para os alunos do Instituto.

Além do diretor-geral e da atual Secretária de Educação do Município, estiveram presentes membros da atual diretoria do grêmio estudantil, representantes do centro acadêmico, os coordenadores dos cursos de nível médio e a assistente social do campus.

Os estudantes apresentaram um documento pedindo o comprometimento do prefeito em seguir com o auxílio municipal, uma vez que a descontinuidade do serviço causaria grande evasão tanto no Ensino Médio quanto nos cursos do Ensino Superior da Instituição.

Durante a conversa e ante a incapacidade financeira do município em continuar arcando com a gratuidade integral do serviço, apresentada pela prefeitura, ficou acordado que o município abriria licitação para que empresas particulares passassem a oferecer o serviço à comunidade em geral, seguindo a atual rota do transporte que atende toda a rede acadêmica. Será também criada uma Lei Municipal, em conformidade com a Lei Federal nº 12933/2013 que garantirá desconto de 50% no serviço de transporte para estudantes, pessoas com deficiência, jovens de baixa renda com idade entre 15 e 29 anos e pessoas com idade igual ou superior a 60 anos.

A prefeitura municipal e o Campus Dianópolis manterão contato durante o recesso legislativo e escolar para que todo o processo licitatório ocorra antes do início do ano letivo de maneira que nenhum estudante seja prejudicado.