Sobre o Curso

por Diretoria de TI publicado 10/07/2017 11h00, última modificação 22/09/2020 17h44

Licenciatura em Matemática

Diretor-geral: Prof. Sc.M. Flávio Eliziário de Souza
E-mail: paraiso@ifto.edu.br
Telefone: (63) 3361-0300

Gerente de Ensino: Prof. Sc.D. Fábio Silveira Vidal
E-mail: geren.paraiso@ifto.edu.br
Telefone: (63) 3361-0316

Coordenador(a): Prof. Sc.M. Stenio José Moreira Sidel
E-mail: matematica.paraiso@ifto.edu.br
Telefone: (63) 3361-0345

Supervisor de Estágio Curricular Supervisionado:  Prof. Sc.M. Stenio José Moreira Sidel
E-mail: stenio.sidel@ifto.edu.br

Supervisor de Atividades Complementares: Prof. Sc.M. Stenio José Moreira Sidel
E-mail: stenio.sidel@ifto.edu.br

Supervisor de Trabalho de Conclusão de Curso: Prof. Sc.M. Jarles Oliveira Silva Noleto 
E-mail: jarles.noleto@ifto.edu.br

 

Dados Gerais
Grau Licenciatura
Área do Conhecimento Ciências Exatas e da Terra
Turno Noturno
Duração do Curso Mínimo 8 semestres (4 anos) e Máximo 16 semestres (8 anos)
Autorização Resolução Ad Referendum n.º  002/2009/CONSELHO GESTOR/IFTO, de 09 de novembro de 2009, Resolução Ad Referendum n.º 20/2013/CONSUP/IFTO, de 29 de abril de 2013, convalidada pela Resolução n.º 23/2013/CONSUP/IFTO, de 23 de maio de 2013.
Reconhecimento Portaria MEC nº 75, de 10 de fevereiro de 2017.
Renovação de Reconhecimento Portaria MEC nº 918, de 27 de Dezembro de 2018.
Conceito ENADE 3 (2017)
Conceito Preliminar do Curso (CPC) 3 (2017)
Conceito do Curso (CC) 4 (2016)

Objetivo Geral: 

 O curso superior de licenciatura em Matemática do IFTO tem por objetivo formar professores para atuarem na educação básica na área de Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias, possibilitando ao graduado uma visão do conhecimento pedagógico e matemático, de modo que este profissional possa especializar-se posteriormente em áreas afins.

Objetivos Específicos:

- atuar com base numa visão abrangente do papel social do educador e da compreensão da ciência como atividade humana contextualizada e como elemento de interpretação e intervenção no mundo;
- exercer a reflexão crítica sobre sua própria prática como educador, sendo capaz de buscar e compreender novas ideias e novas tecnologias, relacionando-as ao ensino de Matemática;
- buscar o conhecimento com autonomia intelectual e nele reconhecer um recurso para a emancipação e possibilidade de maior equalização de oportunidades socioeconômicas;
- refletir sobre a prática pedagógica do ensino fundamental e médio da Matemática de forma contextualizada, por meio do aprofundamento teórico dos conteúdos com as atividades didáticas, para uma aprendizagem significativa;
- elaborar projetos para o ensino fundamental e para o ensino médio coerentes com os novos Parâmetros Curriculares Nacionais e com a práxis educativa, com consequente melhoria do ensino da Matemática;
- utilizar tecnologias de ensino compatíveis com o nível de complexidade dos conteúdos de Matemática;
- realizar atividades científicas desde a produção de textos, práticas laboratoriais e laborais, práticas de ensino, modelos explicativos e projetos de investigação, relacionados com a atuação docente e com a aplicabilidade dos conhecimentos científicos e tecnológicos na compreensão da Matemática e suas relações sociais;
- sugerir alternativas de avaliação da aprendizagem como um processo contínuo, tendo em atenção o discente como sujeito ativo, cognitivo, afetivo e social;
- utilizar o saber científico e tecnológico, particularmente alguns conteúdos básicos que funcionam como parâmetros de abordagem da realidade e como instrumento para entender e resolver as questões problemáticas da vida cotidiana;
- compreender a Matemática como uma atividade humana contextualizada, desenvolvendo atitudes positivas, facilitadoras de inserção na sociedade atual.

  

Arquivo do Projeto Pedagógico do Curso