Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Semana do Meio Ambiente movimenta comunidade e chama para a reflexão

Notícias

Semana do Meio Ambiente movimenta comunidade e chama para a reflexão

Campus Avançado Formoso do Araguaia

Comunidade acadêmica mobilizará população local em ações em prol da preservação ambiental
por Thâmara Filgueiras publicado: 05/06/2017 18h39 última modificação: 05/06/2017 18h39

Para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta segunda-feira, 5, a comunidade do Campus Avançado Formoso do Araguaia, do IFTO, promoverá, até esta quarta-feira, 7, a terceira edição da Semana do Meio Ambiente. A programação, que conta com oficinas, apresentação de pesquisas desenvolvidas na unidade, práticas agroecológicas, entre outras, busca envolver estudantes, servidores e colaboradores da unidade, além da comunidade em geral.

Como parte das ações do evento, crianças de escolas municipais e da Fundação Cultural, Esportiva, Educacional e Ambiental de Formoso do Araguaia (Funcef) participarão de atividades especialmente voltadas para elas no Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA). “A criança é um ser importante nas famílias, e nós queremos a ajuda delas na divulgação de sistemas agroecológicos e orgânicos que possam ser produzidos na comunidade”, disse a técnica do laboratório e coordenadora do NEA Joedna Silva.

O meio ambiente é trabalhado de forma transversão, conforme explicou a coordenadora do curso de Agricultura, Carla Elisa, que também coordena as atividades de extensão na unidade. “Sabemos que as ações em prol do meio ambiente alcançam diversas extensões, e o fato do IFTO ofertar cursos como o técnico em Agricultura com o objetivo de oferecer educação profissional e tecnológica na área agrícola é uma ação que envolve a construção coletiva de um meio ambiente sustentável na região”, comentou.

O diretor da unidade Dêmis Carlos afirmou que nas edições anteriores, houve, entre outras ações, a construção de espaços no campus com o uso de materiais recicláveis, como laboratórios de agroecologia com bambus e restos de madeira; bicicletário com pneus usados; estacionamento com restos de material de construção e ferragens. “Queremos manter ações como estas e ampliar a relação do campus com escolas e comunidade em geral na realização de atividades de conscientização ambiental, na promoção de palestras, no oferecimento de oficinas e em outras iniciativas de cunho educativo”, completou.

Confira a programação do evento e participe!

Programação