Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Palestra de encerramento trata sobre mediação de conflitos

Notícias

Palestra de encerramento trata sobre mediação de conflitos

V Seminário Administrativo

Maria Paula destacou a iniciativa da realização desse tipo de evento para os servidores da instituição
publicado: 11/11/2016 14h58 última modificação: 06/07/2017 11h47
Colaboradores: Erica Ferreira
Participantes conhecem técnicas de mediação

Participantes conhecem técnicas de mediação

Nesta sexta-feira, 11, aconteceu a palestra de encerramento do V Seminário Administrativo do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), que trouxe a advogada, mediadora e professora do Instituto Federal da Bahia (IFBA) Maria Paula Nogueira para falar do tema “Resolução pacífica de conflitos – mediação na Administração Pública – Lei 13.140/2015”. 

Maria Paula falou da relevância do seu tema para o seminário. “Acho de fundamental importância tratar desse tema aqui no seminário, pois o objetivo é gerar qualidade no trabalho, buscando sempre a satisfação dos servidores. A mediação vai trazer um pouco mais de humanidade nos trâmites do dia a dia, à medida que ela trabalha a ferramenta do diálogo na busca de um consenso, sempre respeitando as diferenças. Estou aqui com muita alegria trazendo esse tema e ouvindo como os servidores lidam com os conflitos no âmbito do IFTO. No IFBA, muitas vezes por não ter espaços como esse para tratar desse tipo de assunto, dificultamos nosso convívio, gerando novos conflitos, então minha preocupação é grande em estimular as pessoas a conhecer a mediação”, disse. 

A professora do Campus Porto Nacional Gertrudes Maria Benetele destacou a palestra de hoje como muito importante, uma vez que a mediação se faz necessária também para o trabalho do docente. “Os conflitos fazem parte da sociedade, e nós, professores, de uma maneira ou de outra, estamos na sala de aula o tempo todo tentando mediar conflitos”, disse. 

Gertrudes falou sobre o seminário como um todo, e o quanto os temas levantados foram proveitosos. “O evento está nos despertando às possibilidades, por exemplo, a palestra sobre o Regime Diferenciado de Contratações na Administração Pública (RDC) mostrou a todos nós, servidores, o quanto este novo modelo no trabalho de licitação é vantajoso, porque os servidores podem exercer a atividade de fiscais nos contratos de licitações, e ter conhecimento dessa nova modalidade com suas peculiaridades contribui muito para ampliar o leque de possibilidades na Administração Pública, inclusive, para o papel do fiscal no contrato administrativo, que pode ser exercido por qualquer servidor”, enfatizou. 

A procuradora-chefe junto ao IFTO, Maristela Plessim, fez um balanço positivo do evento. “A Procuradoria está muito satisfeita com o V Seminário Administrativo do IFTO, realizado com a colaboração da Auditoria Interna do Instituto. As palestras foram de alto nível, os objetivos a que nos propusemos foram alcançados. Para as próximas edições do evento, estamos pensando em realizar uma pesquisa prévia para verificar quais os temas de real interesse dos servidores, o que eles gostariam que fosse explanado aqui, buscamos ainda maior satisfação do nosso público-alvo”, declarou.