Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Oferta de cursos no Presídio de Taquaralto é tema de reunião

Notícias

Oferta de cursos no Presídio de Taquaralto é tema de reunião

Ressocialização

O objetivo é oferecer formação para reeducandas seguindo a metodologia do programa Mulheres Mil
por Thâmara Filgueiras publicado: 29/03/2017 17h26 última modificação: 29/03/2017 17h26
Representantes do IFTO e do Comep articulam curso para reeducandas a estilo do Mulheres Mil

Representantes do IFTO e do Comep articulam curso para reeducandas a estilo do Mulheres Mil

Proporcionar melhores condições para mulheres que estão em processo de reeducação e ressocialização no Presídio Feminino de Taquaralto foi o tema de uma reunião que aconteceu nesta terça-feira, 28, na sede da Reitoria do Instituto Federal do Tocantins (IFTO). De acordo com a pró-reitora de Extensão do IFTO Paula Karini, a ideia é ofertar cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) na metodologia do programa Mulheres Mil.

Para conhecer melhor a realidade das reeducandas, a próxima ação será uma visita ao presídio, quando poderá ser realizado um diagnóstico detalhado que auxiliará na definição do curso a ser ofertado para essas mulheres, bem como da infraestrutura necessária para atender o curso.

A pró-reitora informou que outras iniciativas relativas à educação no sistema prisional envolvendo o IFTO, o Comep e a Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju) estão em andamento. "A ideia é firmar um convênio guarda-chuva que inclua a oferta de cursos em diversos formatos, incluindo os FICs, que serão ofertados pela Proex", explicou Paula. O convênio deverá ser firmado após finalização das articulações entre as instituições parceiras.

A reunião também contou com a participação da representante do Comitê de Educação nas Prisões do Estado do Tocantins (ComepClaudenice Passos Palaci e da coordenadora de Ações Integradas de Inclusão e Diversidade, ligada à Pró-reitoria de Ensino, Hérica Aguillar, além da diretora de Extensão e Cultura, Nelma Barbosa da Silva, e do responsável técnico pela Coordenação dos cursos FIC, Raday Ribeiro.