Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO e BRK Ambiental promovem Aula Magna em Libras

Notícias

IFTO e BRK Ambiental promovem Aula Magna em Libras

Capacitação

Parceria instrui atendentes da concessionária
por Maiara Sobral publicado: 10/07/2018 11h32 última modificação: 10/07/2018 15h07

Na manhã desta terça-feira, 10, foi realizada a Aula Magna do curso de capacitação em Língua Brasileira de Sinais (Libras), parceria entre o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e a concessionária BRK Ambiental.

O reitor Antonio da Luz Júnior, ressaltou o compromisso do Instituto com a coletividade, "enquanto instituição pública é nosso papel promover parcerias que atendam às necessidades da nossa comunidade". Além disso, ele destacou a abertura do IFTO para a comunidade surda, enfatizando eles podem contar com o Instituto para futuras parcerias.

Já o gerente operacional da BRK Ambiental, Rodrigo Lacerda, falou sobre a mudança no olhar da empresa ao interagir com o mundo de uma maneira diferente, enxergando o lugar das pessoas com deficiência. Nesse sentido, a líder de atendimento da concessionária, Beatriz Fernandes, parabenizou a iniciativa e salientou o desejo dos funcionários em aprender. Ela que também está cursando a capacitação, comemorou o início do curso e disse que todos os estudantes estão empolgados e dedicados.

O presidente da Associação de Surdos de Palmas, Rondinelli Moreira, elogiou a parceria entre as instituições e falou sobre a importância do curso para facilitar a comunicação entre os atendentes e a comunidade surda. Ele destacou também a necessidade da abertura do mundo do trabalho para os surdos.

Durante a ocasião, o defensor público Maciel Araújo Silva, responsável pelo Núcleo Especializado de Defesa do Consumidor, também celebrou a iniciativa e ressaltou que o curso torna o atendimento mais justo e igualitário, incluindo os surdos e garantindo o acesso desses a serviços básicos.

Aula Magna

A Aula Magna foi ministrada pelo professor da Universidade Federal do Tocantins (IFTO), Renato Leão, durante o momento, ele falou sobre os desafios do aprendizado e do ensino em Libras e contou um pouco da sua experiência como surdo. Por fim, Renato enfatizou a importância da acessibilidade e da inclusão dos surdos.