Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO desenvolve suporte de cano PVC para álcool em gel

Notícias

IFTO desenvolve suporte de cano PVC para álcool em gel

Enfrentamento à Covid-19

Cada torre tem o custo médio de R$ 21,00
por Maiara Sobral publicado: 05/11/2020 13h26 última modificação: 05/11/2020 14h01

Desde o início da pandemia da Covid-19 o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) vem desenvolvendo ações em diferentes frentes para combate ao novo coronavírus, o projeto: Suporte de Cano PVC para Álcool em Gel, desenvolvido pela unidade de Gurupi, em articulação com a Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (Propi) via o edital de apoio à projetos de inovação é uma dessas ações.

Com o objetivo de produzir suportes para álcool em gel com um baixo custo, a equipe do projeto elaborou um modelo que utiliza cano PVC, esse material diminui o preço de produção, cada torre tem o custo médio de R$ 21,00.

"Nós alinhamos a ciência e a prática para construção de suportes para álcool em gel. É um prazer realizar projetos que sirvam para somar com a formação de nossos estudantes e servir à comunidade. Aproveito a oportunidade para agradecer o professor Rodrigo Fortes, que incansavelmente se dedicou, ajudou e acompanhou do início ao fim as atividades/metas propostas. E ainda, enfatizar que a participação de estudantes nos projetos institucionais de ensino, pesquisa, extensão e inovação  faz com que os mesmos aprendam na prática a teoria ora adquirida", destaca a coordenadora do projeto, Joedna Silva.

Nesse projeto foram produzidos 100 suportes, que serão doados para a Secretaria de Saúde e escolas municipais de Gurupi, unidades da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e do Instituto Federal do Tocantins (IFTO). Há possibilidade de continuidade dessa ação por meio de outras formas de fomento.

Segundo Pedro Barbalho, estudante do curso de Engenharia Civil da unidade de  Gurupi e bolsista do projeto, "quando fui chamado para participar do projeto, achei um desafio interessante, pois estaríamos combatendo o coronavírus com uma proposta de trabalho manual e com menores custos. É muito bom contribuir nessa luta contra a pandemia da Covid-19". 

Participam da ação: Joedna Silva (coordenadora), Caio Silva e Pedro Barbalho (estudantes bolsistas); Mony Kely Soares, Wallace Costa, João Paulo Silva, Jorge Ramos e Ana Carolina Lentine (estudantes colaboradores) e Rodrigo Fortes (professor colaborador).O IFTO oferta cursos gratuitos de pós-graduação, graduação, técnicos de nível médio e cursos de formação continuada.