Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes prestam agradecimentos e homenagens aos professores do IFTO

Notícias

Estudantes prestam agradecimentos e homenagens aos professores do IFTO

Dia do Professor

Nos relatos, reconhecimento pelos esforços dos mestres em tempos de pandemia
por publicado: 14/10/2020 17h29 última modificação: 14/10/2020 18h55

Maiara Sobral e Mayana Matos

"O educador se eterniza em cada ser que ele educa". A frase, do educador e filósofo brasileiro Paulo Freire, é refletida nos depoimentos de diversos estudantes que prestam suas homenagens aos docentes do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) neste 15 de outubro, data em que é celebrado o Dia do Professor.

Os estudantes, de diferentes unidades, ressaltam o empenho e a dedicação de seus mestres, que não mediram esforços para conduzir as atividades de ensino remoto em meio aos desafios e enfrentamentos decorrentes da pandemia ocasionada pelo novo coronavírus. O momento pediu reinvenção, adaptação e determinação especialmente por parte dos professores. Graças ao comprometimento de cada um, o IFTO pôde levar adiante sua missão de continuar oferecendo ensino, pesquisa e extensão à comunidade. 

"Uma das melhores mensagens é a de gratidão, gratidão por vocês professores estarem conosco, diariamente, desde que este período conturbado da pandemia começou, pelos esforços feitos, pelos desafios superados e, principalmente, pelas mensagens de incentivo todos os dias nas aulas remotas. Eu acho que essa energia de apoio que já existia em sala de aula, é essencial neste momento do ambiente virtual. Minha eterna gratidão! E eu espero poder parabenizar todos vocês, presencialmente, daqui a alguns meses", ressalta a estudante Ana Júlia, do curso Técnico em Eventos da unidade de Palmas.

O estudante Luis Felipe Leite, do curso Técnico em Informática da unidade de Araguaína, também ressalta o empenho e a dedicação dos professores em tempos de aulas remotas. "Neste momento, os professores estão se desdobrando, estão mudando suas metodologias, estão se readaptando nesse ambiente virtual, que não está fácil para ninguém, mas estou admirando muito a perseverança de cada um. E agradeço a todos os professores, que estão nos motivando a continuar nessa caminhada, a continuar buscando um futuro melhor para a gente. E espero que no ano que vem, possamos comemorar esta data juntos novamente". 

Gustavo Huan, estudante do curso Técnico em Agropecuária da unidade de Araguatins,  destacou a missão tão importante que é ser professor. "Gostaria de parabenizar todos os professores que me acompanharam ao longo de toda minha carreira estudantil até aqui no IFTO; todos os professores que não desistiram de fazer este grande ofício que é dar futuro àqueles estudantes sem esperança. Os professores fazem esse trabalho duro por paixão, paixão em transmitir conhecimento. Professor, não desista! Você está fazendo um ótimo trabalho. Não desista de ser essa pessoa incrível, com o objetivo tão nobre de ajudar a construir o futuro de um aluno", disse. 

Com esse mesmo sentimento de gratidão, o estudante Júnior Moura, do curso de Engenharia Agronômica da unidade de Lagoa da Confusão, destaca que os professores "são sensacionais, apesar deste momento difícil da pandemia, eles se mostraram muito competentes em aprender uma forma de dar aula on-line, que é um negócio totalmente novo e diferente. Foi muito difícil para nós alunos, imagino para os professores. Meu muito obrigado, vocês são sensacionais".

Maria Bethânia, estudante de Engenharia Agronômica da unidade de Pedro Afonso, reconheceu o empenho dos professores diante dos desafios do ensino remoto. "Quero parabenizar cada um de uma forma especial, porque vocês são verdadeiros guerreiros. Nesta época de pandemia, vocês têm se superado para ministrar as aulas, e eu quero deixar o meu muito obrigada. É uma simples homenagem, mas são palavras de coração. Ensinar não é para qualquer um. Ensinar é um dom. Obrigada a todos", afirmou. 

"Quero deixar meu agradecimento a todos os docentes, professores e professoras que não cessaram o esforço para continuar ministrando suas aulas. Em meio a uma pandemia como esta da Covid-19, não pararam e, além disso, se preocuparam com os estudantes do campus. Meu profundo agradecimento e minha gratidão. Obrigada por tudo!", enfatiza a estudante Jaqueline Feitosa, do curso de licenciatura em Computação da unidade de Colinas do Tocantins.    

Muitos estudantes prestaram suas homenagens aos professores. A íntegra dos relatos estará disponível no perfil oficial do IFTO no Instagram

Orgulho e gratidão! 

O reitor do IFTO, Antonio da Luz Júnior, ressaltou o valoroso trabalho prestado pelos professores, especialmente diante dos enfrentamentos impostos pela pandemia da Covid-19. "Nossos professores foram convocados a se colocarem de pé, se reinventarem e a servirem como um farol para nossos estudantes em meio ao caos e incertezas. Responderam a altura do que é esperado daqueles que abraçam a docência como profissão. Se dispuseram a auxiliar seus estudantes no processo de busca pelo conhecimento, bem como a se lançarem nessa busca, descobrindo novas formas de se fazer o processo ensino-aprendizagem num contexto jamais vivenciado pela nossa sociedade", afirmou.

Na oportunidade, o reitor agradeceu pelo empenho de todos. "A trajetória daqueles que abraçam a docência em nosso país é marcada por muitas lutas e pouco reconhecimento de sua importância na construção da sociedade tão sonhada por todos. Nessa data símbolo, não poderíamos deixar de agradecer e expressar o orgulho que temos de nossos professores. Muito obrigado a todos os nossos professores por serem e fazerem o nosso IFTO referência na oferta de seus serviços", parabenizou.

A pró-reitora de Ensino, Nayara Pajeú, destacou a relevante dedicação dos professores no exercício de sua profissão, essencial principalmente diante dos desafios atuais. "A importância dos professores é indiscutível e, em especial, nesse momento de excepcionalidade que estamos vivendo nos últimos meses. Muitas dificuldades foram e estão sendo superadas, sem dúvidas, pela atuação dos professores. A disponibilidade para aprender sempre e a capacidade de reinvenção, refletem a preocupação com o ensino focado na aprendizagem com significado e com a manutenção do vínculo com os estudantes. Essas são somente algumas das muitas características que nos fazem ter bastante orgulho do trabalho realizado pelos professores do IFTO", destacou. 

Qualificação e valorização

Atualmente, o IFTO conta com 739 professores, entre efetivos e substitutos, distribuídos nas 11 unidades da instituição. Desses, 22% são doutores e 56% são mestres. A política de qualificação institucional busca a capacitação permanente e continuada dos docentes, nesse sentido, no início de 2020, os percentuais de afastamento para capacitação foram aumentados, por meio do Regulamento para a Política de Desenvolvimento de Pessoas no âmbito do IFTO.