Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes e professores do IFTO apresentam projetos inovadores na Unitec

Notícias

Estudantes e professores do IFTO apresentam projetos inovadores na Unitec

Feira Tecnológica

Evento é promovido pelo Sebrae em parceria com instituições de ensino
por Mayana Matos publicado: 13/11/2018 13h00 última modificação: 13/11/2018 13h31

Aproximar pesquisas e trabalhos acadêmicos das demandas de mercado voltadas aos pequenos negócios e a indústria. Esse é o objetivo da primeira Feira Tecnológica Universidade e Empresa (Unitec), promovida pelo Sebrae e Fieto, em parceria com o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e demais instituições de ensino: Ceulp Ulbra, Faculdade Católica, ITPAC, UFT, Unirg e Unitins.

Voltado para empresários e estudantes, o evento é gratuito e acontecerá nos dias 21 e 22 de novembro, no hall da Biblioteca do Campus de Palmas, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), das 17 às 22 horas.

Soluções inovadoras do IFTO

Estudantes e professores do IFTO vão apresentar nove projetos acadêmicos aplicáveis às demandas empresariais. Ao todo, serão 40 projetos envolvendo as diversas instituições parceiras da Unitec, nas áreas de Energia, Educação, Turismo, Saúde, Agronegócios, Logística e Construção Civil. Na programação, também estão previstas apresentações culturais de estudantes e uma praça de alimentação com Food Trucks.

A diretora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), Erna Augusta Denzin, ressaltou a relevância da iniciativa. " A importância está no fato de termos um espaço onde poderemos expor os projetos de tecnologias que estamos realizando nos diversos campi do IFTO para empresários e sociedade em geral. Isso mostra que estamos cumprindo nossa missão de desenvolver tecnologias para promover o desenvolvimento regional e fazer inovação", afirmou, acrescentando ainda "um agradecimento especial aos professores e estudantes que se disponibilizam a buscar problemas e encontrar soluções por meio da realização desses projetos". 

A entrada é gratuita e os interessados poderão conhecer projetos do IFTO como a impressa de Braille de baixo custo. Nesse projeto, estudantes e professores do Campus Araguaína desenvolveram um robô com um conjunto de um arduíno e dois motores, sendo que os demais componentes foram de materiais recicláveis. Buscou-se atender ao tripé: tecnológico, inovador e social. Também realizou-se trabalhos de programação para incluir o dicionário braille e os comandos de posicionamento da cabeça de impressão. O trabalho foi bem recebido pela população, principalmente pelo custo e pela proposta de resolver uma demanda social. 

Do Campus Colinas, veio a criação de uma aplicativo para auxiliar na produção do abacaxi pérola. O Appacaxi possibilita obter informações relativas ao peso do abacaxi quando este se encontram na fase de indução foliar e, com isso, seja possível tomar decisões quanto às técnicas de manejo a serem aplicadas. Como resultado deste trabalho, foi desenvolvido um protótipo de uma aplicação móvel que permite estimar o peso do abacaxi pérola quando ainda não há abacaxi em sua planta, mas apenas suas flores, ou seja, em seu estágio de indução foliar. 

A demonstração do funcionamento de um automóvel  controlado de forma remota, o projeto IOT - Automotivo, de iniciativa do Campus Dianópolis, também será apresentado durante a Unitec. 

Campus Porto Nacional apresentará protótipo de apresentação de termos técnicos de Informática em Libras, que pode ser utilizado em qualquer computador com acesso à internet, através de um navegador (browser) ou por dispositivos móveis (smartphones, tablets, etc.), com acesso gratuito, que sirva como fonte de consulta a professores, intérprete, estudantes e público em geral. Também da unidade, será apresentado o Sistema Zenilda de Monitoramento de Água que consiste em um dispositivo para monitoramento do volume de água de represas, com cálculos de previsões em tempo real. Os estudantes e professores do Campus Porto Nacional também apresentarão o Sistema Inteligente de Automação Residencial  (SIAR) que se refere ao conjunto de tomadas, nas quais poderão ser conectadas aparelhos eletrônicos, podendo estes serem ligados/desligados remotamente, através de smartphone ou computador conectado à internet. 

As equipes do Campus Palmas apresentarão os projetos Open-Wifi; Veículo Aéreo Sempre Alerta (VASA), que se refere ao desenvolvimento de equipamentos que podem ser utilizados em setores de vigilância por meio de veículo aéreo  não tripulado (Vant), conhecido como drone, e desenvolvimento de robôs para práticas profissionais. Este último, buscando reduzir custos com a compra de robôs, pretende-se com o projeto desenvolver um robô que utilize um microcontrolador que seja capaz de controlar os movimentos e, de atuação do mesmo, utilizando os sensores existentes no mercado com custo reduzido e que possibilite a replicação, bem como possa ser utilizado em laboratório de robótica e nas competições da área. 

Sebrae - TO

De acordo com o gerente institucional do Sebrae Tocantins, Roberto Morais, a UNITEC será um ambiente de oportunidade para aproximar o conhecimento científico e empresários. “Para os acadêmicos, o volume e o impacto de suas produções é essencial para a construção de suas carreiras. Muitas dessas pesquisas podem ser soluções tecnológicas e inovadoras que atendam demandas das empresas. Queremos conectar os Professores, Pesquisadores e Estudantes aos Empreendedores e incentivar novas pesquisas pontuais para o desenvolvimento em parcerias e promover a interação entre a teoria do ambiente universitário e a prática vivenciada pelos empresários”, destacou.

Segundo o superintendente do Sebrae Tocantins, Omar Henemann, a interação entre a academia e a indústria é um importante mecanismo para o desenvolvimento tecnológico relativo à inovação em produtos e processos. “ É por isso que o Sebrae e a Fieto se uniram para fazer essa aproximação.  Os resultados estão na geração de conhecimento e inovação, geração de propriedade intelectual, por meio de patentes e publicações, maior entendimento, por parte das universidades, das necessidades das empresas e a criação de uma cultura de aprendizagem organizacional dentro dessas empresas” justificou Hennemann.

Balcão Unitec

Para os empresários que visitarem a Unitec e não encontrarem projetos que atendam suas demandas, a equipe do Sebrae disponibilizará um balcão de atendimento. No local, esses visitantes irão cadastrar as necessidades de suas empresas e esses itens serão encaminhados as universidades como sugestão de novas pesquisas.

(Com informações do Sebrae/TO)