Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Equipe pedagógica do Campus Gurupi participa de eventos educacionais no Maranhão

Notícias

Equipe pedagógica do Campus Gurupi participa de eventos educacionais no Maranhão

Ensino e Aprendizagem

Colóquio e Workshop foram marcados por momentos de integração
por Luícia Ferreira publicado: 02/10/2018 00h00 última modificação: 02/10/2018 09h26

A equipe pedagógica da Coordenação de Apoio ao Ensino e Aprendizagem do Campus Gurupi, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), participou dias 20 e 21 de setembro, do V Colóquio Internacional sobre Educação Profissional e Evasão Escolar, e do IV Workshop de Educação Profissional e Evasão Escolar realizado em São Luís–MA.

O evento reuniu mais de 800 inscritos, que participaram de palestras, mesas-redondas e exposições. O Campus Gurupi foi representado pelas servidoras Edineia Barros da Silva Campos e Mari Alves Falleiro.

Durante os dois dias de evento, profissionais de instituições nacionais e internacionais de ensino debateram as temáticas envolvendo: Formação, Trabalho e Juventude, Permanência e Evasão Estudantil na Educação Básica, Profissional e Superior, como também as Estratégias de Prevenção da Evasão Escolar.

As ações contaram ainda com a parceria da Rede Ibero-Americana de Trabalho e Estudos sobre a Educação Profissional e Evasão Escolar (RIMEPES), e da Associação Brasileira de Prevenção da Evasão na Educação Básica, Profissional e Superior (ABAPEVE).

Edineia Barros, orientadora educacional da unidade, destacou a importância da temática do evento.  “É preciso pensar e falar sobre esse problema tão presente, mas que muitas vezes parece ser invisível nas nossas instituições de ensino, pois quando percebemos já perdemos mais um aluno. Precisamos conhecer os motivos pelos quais os nossos jovens estão abandonando a escola, para que possamos buscar o enfrentamento dessas questões no sentido de reduzir a evasão escolar”, disse.

A programação do evento contou com a palestra do professor Doutor Matthew LaPlante, da Universidade Estadual de Utah, Estados Unidos, que discutiu Estratégias de Prevenção da Evasão Escolar. “O palestrante fez alusão a uma cadeira vazia, enfatizando que quando um jovem não completa seus estudos custa ao Estado 70 mil dólares, mas quando este jovem consegue o sucesso na trajetória escolar, ele rende ao Estado 300 mil dólares, ou seja, vale muito a pena investir na educação”, pontuou a servidora Mari Falleiro, técnica em assuntos educacionais do Campus Gurupi.

Mari também participou como avaliadora de pôsteres e ressaltou que “foi muito interessante, pois os temas abordados têm muita relevância para a educação: um abordava a conscientização com o cuidado do patrimônio público/escolar; outro sobre o perfil do estudante que evade, e outro sobre a reforma do ensino médio”.

As servidoras destacam que participar e interagir com as ideias de outros profissionais, para além de compartilhar experiências, possibilita, enquanto campus, desenvolver e aprimorar medidas simples que podem ter efeito eficaz para a comunidade estudantil.