Você está aqui: Página Inicial > Notícias > DPI finaliza projetos para construção de auditórios em unidades do IFTO

Notícias

DPI finaliza projetos para construção de auditórios em unidades do IFTO

Obras

Setor elabora também projeto de instalação de padrão de energia
por Mayana Matos publicado: 31/05/2017 11h00 última modificação: 02/06/2017 15h00

O Instituto Federal do Tocantins (IFTO), por meio da Diretoria de Projetos de Políticas Institucionais (DPI), vinculada à Pró-reitoria de Desenvolvimento Institucional (Prodi), finalizou projetos para novas licitações acerca da construção de auditórios nos campi Araguatins e Porto Nacional

De acordo com o diretor da DPI, Antônio Carlos Camarotto, no caso da obra em Araguatins, uma nova licitação foi aberta para a obra que estava paralisada, em razão de desistência da empresa contratada. A equipe da diretoria fez o levantamento dos serviços a serem executados e elaborou um novo projeto básico para a obra. O  novo auditório conta com capacidade para 240 lugares, incluindo lugares para pessoas com necessidades especiais, palco, camarins, banheiros e iluminação apropriada.

Assim também está prevista a construção de semelhante obra no Campus Porto Nacional. "Esta obra está em fase de conclusão do projeto básico, pois tem alguns detalhes que o campus pediu para incluir, no caso uma passarela de interligação entre o auditório e o bloco administrativo da unidade", explicou Camarotto.

Padrão de energia

Um outro projeto foi elaborado pela DPI para verificar a entrada de energia no Campus Avançado Lagoa da Confusão. De acordo com a diretoria, o projeto foi enviado à concessionária de energia para avaliação e aprovação. O projeto consiste em levantar todas as cargas elétricas que possam ser instaladas na unidade e dimensionar um transformador de energia que atenda as necessidades encontradas. "Após o término do projeto, é feita uma consulta a concessionária para saber se a rede que está instalada no local tem capacidade de atender nossa necessidade. Se não tiver essa capacidade, procuramos averiguar qual será o custo para melhorar a rede", enfatizou Camarotto.

O diretor explica que as etapas para instação do padrão de energia na unidade consistem em fazer a consulta, apresentar o projeto do padrão de energia à concessecionária e, caso seja aprovado, a DPI libera o projeto ao campus para início de procedimento licitatório.

A DPI

Nestas e em outras obras a serem realizadas, a Diretoria de Projetos de Políticas Institucionais (DPI) é responsável pela elaboração dos projetos arquitetônicos e complementares (hidro-sanitários, elétrico, telefônia e rede de dados, estrutural, cobertura e implantação) através da Coordenação de Infraestrutura

Após a conclusão do projeto básico de uma obra, este é encaminhado para o seu demandante, que pode ser a Reitoria, os campi ou ainda uma pró-reitoria. O demandante elege uma comissão para gerenciar o processo de licitação da obra ou serviço. A DPI indica  um técnico engenheiro ou arquiteto para acompanhar o processo de licitação, auxiliar a comissão e fiscalizar a obra, após a conclusão da licitação.