Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Avançado Formoso do Araguaia promove diversas atividades

Notícias

Campus Avançado Formoso do Araguaia promove diversas atividades

Semana do Meio Ambiente

Evento foi alusivo ao Dia do Meio Ambiente, 5 de junho
por publicado: 15/06/2018 10h23 última modificação: 15/06/2018 10h24
Exibir carrossel de imagens Campus Avançado Formoso do Araguaia promove diversas atividades

Campus Avançado Formoso do Araguaia promove diversas atividades

Estudantes, técnicos, professores e parceiros do Campus Avançado Formoso do Araguaia, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), promoveram diversas ações em alusão ao Dia do Meio Ambiente, comemorando nacionalmente no dia 5 de junho. 

Segundo o pedagogo e diretor da unidade, Marlon Brito, as ações envolveram as três dimensões de atuação do campus: o ensino, a pesquisa e a extensão. "Resolvemos englobar várias ações transversais, sistêmicas e interligadas ao objetivo macro de aprender, conversar, refletir e agir em prol da sustentabilidade no meio ambiente", explica.

A unidade doou mais de 500 mudas de plantas nativas a pessoas, escolas, empresas e órgãos como a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O professor e coordenador do curso técnico em Agricultura, Mauro Lúcio Correia, cita que a comunidade já reconhece o campus do IFTO como um ponto de consulta. "Recebemos diversas pessoas com dúvidas sobre as mudas, reflorestamento e cuidados com as plantas e aproveitamos para desafiar nossos estudantes a buscarem as respostas" apresenta.

Durante a visita da Reitoria, o reitor, Antonio da  Luz, e a representante da Diretoria de Assuntos Estudantis (DAE), Marilene Sepulvida, plantaram mudas de Ipê no campus. "Aprendi muito com a estudante Thaís que me orientou como plantar corretamente, mas também estou impressionado com os conhecimentos da colega Marilene sobre o assunto, que usa termos técnicos que desconhecíamos", menciona o reitor.

Estudantes da Escola Estadual Benedito Pereira Bandeira visitaram o campus e conheceram o NEA - Núcleo de Estudos em Agroecologia, com destaque para um dos estagiários do espaço, o estudante Elias Martins, que é surdo, e, com a tradução da intérprete de Libras, Francisca Edivânia, explicou aos visitantes as produções da Horta Mandala.

O professor Douglas Daronch trabalhou a temática em suas aulas de cálculos de área com o uso do teodolito. "Um bom técnico de agricultura sabe medir uma área corretamente e refletir sobre o que está acontecendo nela antes, durante e depois da ação humana, pensando em cuidar e preservar seu meio ambiente", comenta.

Sob coordenação da professora Carla Elisa, estudantes compartilharam conhecimentos sobre o uso e cuidados com agrotóxicos. "Culminamos uma pesquisa com apresentações relacionadas ao EPI - Equipamento de Proteção Individual, ligada ao conteúdo de componentes curriculares do curso", cita.

As conferências sobre o Meio Ambiente na Escola Municipal Dom Alano, no Centro, e na Escola Municipal Silas Raimundo Milhomens do Santos, no Setor Aliança, contaram com a participação do professor Manoel Delintro que liderou comitivas que representaram o IFTO. "Cuidar da natureza não é ficar dizendo para os outros que eles tem que fazer. O que você está fazendo?", perguntou ele às crianças.

Ainda entre os dias 4 e 8 de junho, os estudantes colheram produtos que são plantados e acompanhados por eles. "Os estudantes são os principais atores no processo de preparação do solo, confecção de mudas, plantação, acompanhamento, colheita e pós-colheita. Aprendem que a teoria e a prática são indissociáveis", cita o professor Rodrigo José, que coordena os Laboratórios de Olericultura.