Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Avançado Formoso do Araguaia participa da II Semana Cultural

Notícias

Campus Avançado Formoso do Araguaia participa da II Semana Cultural

Escola Indígena Watakun

Evento aconteceu na segunda-feira, 14 de maio
por publicado: 21/05/2018 16h15 última modificação: 21/05/2018 16h18
Exibir carrossel de imagens Campus Avançado Formoso do Araguaia participa da II Semana Cultural

Campus Avançado Formoso do Araguaia participa da II Semana Cultural

Os estudantes do Campus Avançado Formoso do Araguaia, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), participaram na última segunda-feira, 14 de maio, da II Semana Cultural da Escola Indígena Watakun, com ações de ensino e extensão, e aproveitaram para colher dados de pesquisas que são promovidas na instituição de ensino.

Segundo o bibliotecário e gerente de Ensino, Pesquisa e Extensão, Francisco Welton,  o IFTO foi convidado para ministrar palestras sobre os cursos, o funcionamento das cotas indígenas no processo seletivo, as possibilidades de futuros cursos na modalidade a distância e outras atividades. "Cumprimos nossa missão institucional com ações de ensino e de extensão, e de coleta de dados de nossas pesquisas", explica. 

A professora Márcia Moreira, da área de Letras, aproveitou o momento para realizar ações de Extensão da unidade que estão sob sua coordenação, envolvendo o projeto Cultura e Arte e o projeto IFTO em Ação. "Aproveitamos o momento para compartilhar. Levamos brinquedos, cultura, arte e alimentos que são arrecadados em campanhas no campus, com o objetivo de auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade. E recebemos. Recebemos o carinho de um povo que carece de mais atenção de diversos segmentos, mas que não demonstram rancor, pelo contrário, demonstram amor", comenta emocionada a professora.

O assistente administrativo e coordenador de Administração da unidade, João Neto, foi um dos motoristas da caravana e aproveitou para levar e distribuir livros. Ele compartilhou em sua rede social um agradecimento à equipe do IFTO pela oportunidade de acolhê-lo como técnico administrativo nas ações de Extensão da unidade e em conhecer a Ilha do Bananal. "Juntei um pouco de tudo, trabalho, estudo, turismo e ação social ao distribuir uma literatura com relatos que fortalecem o estado emocional das pessoas na atualidade", cita o servidor.

A professora Carla Elisa Bastos, engenheira agrônoma, levou microscópio e outros equipamentos do Laboratório de Agricultura da unidade, e promoveu uma oficina com a comunidade indígena local. "Observamos as diferenças entre insetos e aracnídeos na lupa e outras curiosidades que afloraram com a atividade", comenta satisfeita Carla Elisa.

A estudante Kássia Torres cita o poema de Fernando Pessoa, ao compartilhar fotos dos momentos de aprendizagem que teve, que segundo ela resume o sentimento da equipe: "da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo. Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer".