Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Aniversário movimenta unidade Porto Nacional

Notícias

Aniversário movimenta unidade Porto Nacional

10 anos

Evento rememorou história e e promoveu integração na comunidade acadêmica
por Greiciane Souza publicado: 06/02/2020 08h50 última modificação: 06/02/2020 08h51

A comunidade acadêmica da unidade Porto Nacional, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), esteve reunida na manhã da última sexta-feira (31) para solenidade em comemoração aos dez anos de implantação do campus. Além de servidores e estudantes, o evento contou com a presença do reitor do IFTO, Antonio da Luz Júnior, demais gestores e autoridades locais. 

O diretor-geral da unidade, Edilson Leite, falou sobre a história do campus. “Começamos em 2008, com a aprovação, pelo Conselho Diretor da antiga Escola Técnica de Palmas, da criação da unidade de ensino descentralizado de Porto Nacional, que posteriormente, no final de 2008 virou IFTO e com a mudança foi construído o campus Porto Nacional em 2010, começando a funcionar em 2011”, explica o diretor-geral.

Nos primeiros meses de funcionamento, um pequeno grupo de servidores e funcionários cedidos pela prefeitura do município foi responsável por organizar a implantação da unidade. Durante a solenidade de comemoração, esses pioneiros receberam homenagem pela contribuição na construção da história do IFTO em Porto Nacional. Um dos homenageados foi o técnico em contabilidade José Lima. Ele chegou ao campus em 2010 e lembra as dificuldades do início, principalmente relacionadas à infraestrutura. Passados dez anos, ele acredita que “o impacto da escola na cidade foi muito grande. Geração de empregos, a mudança de realidade. Hoje temos muitos dos nossos alunos empregados. Quando a gente vai em locais da cidade, muita gente diz que foi aluno daqui e isso é muito gratificante”.

Além dos egressos que estão no mercado de trabalho externo, atualmente, oito deles compõem a equipe de servidores- cinco como técnico-administrativos e três como professores. Luana Quadros, professora do curso Tecnológico em Logística é uma desses egressos. Sua história profissional se entrelaça à história do campus. Em 2010, instigada pelo pai, ela prestou vestibular e foi aprovada para a primeira turma do curso Tecnólogo em Logística. Durante a graduação, chegou a trabalhar na unidade como telefonista pela empresa terceirizada. Em 2014, prestou concurso e foi aprovada como docente. “Naquela época já passava a maior parte do meu dia aqui. Meu primeiro trabalho foi aqui. Eu trabalhava até as 14h, depois ia para biblioteca estudar para concurso e fazia graduação à noite. Nesses dez anos nunca teve um período que fiquei muito longe do IFTO”, relembra a professora.

Edilson Leite afirma ter muito a comemorar no aniversário da unidade, porque, segundo ele, “a gente vê o crescimento da instituição, hoje temos vários cursos, grandes áreas construídas, uma das melhores infraestruturas de Porto Nacional, um corpo docente extremamente qualificado, excelentes profissionais técnico-administrativos. A gente vê que o campus Porto Nacional está aparecendo cada vez mais e sendo reconhecido cada vez mais pela sociedade portuense”.

Programação

Além da solenidade oficial de aniversário, a agenda das comemorações pelos dez anos dos campus incluiu apresentações culturais feitas pela Banda Sinfônica Professora Eunice Maya Barbosa e pelos estudantes do IFTO- Porto Nacional, gincana com as turmas do ensino Médio Integrado e uma corrida no final da tarde. Sábado (1º), um circuito de bicicleta fechou a programação de aniversário. Servidores, estudantes e comunidade externa percorreram 20 km pelas ruas de Porto Nacional.