Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ação visa levar Educação Profissionalizante a terras indígenas

Notícias

Ação visa levar Educação Profissionalizante a terras indígenas

Projeto Jenipapo

Reunião definiu cronograma para execução das demandas
por publicado: 12/04/2018 14h31 última modificação: 12/04/2018 14h34
Exibir carrossel de imagens Reunião definiu cronograma para execução das demandas

Reunião definiu cronograma para execução das demandas

Com o objetivo de discutir a organização do "Projeto Jenipapo", reuniram-se na manhã da última terça-feira, 10, representantes do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Fundação Nacional do Índio (Funai), Universidade Federal do Tocantins (UFT), Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e Câmara Legislativa de Itacajá.

Esse projeto visa a promoção da Educação Profissionalizante nas terras indígenas para os povos indígenas, o primeiro passo será uma formação indigenista para os servidores do IFTO e da Seduc, que irão ofertar os cursos profissionalizantes a partir de um diagnóstico in loco, ou seja, uma consulta que será realizada sobre a demanda juntamente com os povos indígenas.

Durante a reunião foi definido um cronograma com demandas a serem cumpridas durante o mês vigente, antes do próximo encontro, agendado para o dia 4 de maio às 8h no Campus Palmas da UFT.

Representando o IFTO, participaram da reunião: Hérica Aguilar (Setor de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Reitoria), Paula Karini Amorim (Pró-reitoria de Extensão), Francisco Welton (Gerência de Pesquisa, Ensino e Extensão do Campus Avançado Formoso do Araguaia) e as professoras Sylvia Salla Setubal e Soraia Blank (Campus Palmas). Da Funai: Maria Djane V. dos Santos, Maria das Graças M. da Costa , Miriam Silva M. Leite, Antônia M.C N da Silva e Carolina P. de Alencar. A Seduc foi representada por Lucia Rosângela F. Flor e UFT pela professora Solange Nascimento. Representando a Câmara Legislativa de Itacajá participou o vereador Júlio César de L. Araújo.