Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Inscrições abertas para Programas de Iniciação Científica do IFTO (PIC)

Notícias

Inscrições abertas para Programas de Iniciação Científica do IFTO (PIC)

PIBIC/PIBITI/ICJ/CNPq

Podem participar docentes e estudantes do ensino médio integrado e superior
por Mayana Matos publicado: 04/08/2020 15h30 última modificação: 04/08/2020 15h39

Estão abertas as inscrições para o Programa Institucional de Iniciação Científica do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), nas modalidades PIBIC, PIBITI e ICJ, bem como nas modalidades PIBIC, PIBIC-AF, PIBITI e PIBIC-EM, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

As inscrições deverão ser feitas entre 4 a 31 de agosto. A submissão é de responsabilidade do coordenador/orientador e ocorrerá exclusivamente por meio do preenchimento e envio dos formulários disponíveis no Sistema Unificado de Administração Pública (SUAP), os quais poderão ser acessados através do endereço eletrônico: https://suap.ifto.edu.br/, na opção “Submeter Projeto de Pesquisa”, constante da página inicial, ou através do menu lateral, seguindo o caminho “Pesquisa”, “Projetos”, “Submeter projetos”, seguindo o passo a passo disposto no sistema. 

Para participar, a equipe deve ser composta por um docente, na qualidade de orientador(a), e um estudante-bolsista. Além do estudante-bolsista a equipe poderá ter até quatro estudantes voluntários. O Programa de Iniciação Científica do IFTO é um programa voltado para a iniciação à pesquisa e ao desenvolvimento científico e tecnológico e inovação de estudantes do ensino técnico integrado ao médio e dos cursos superiores do IFTO. Todos os requisitos para participação constam nos editais 46/2020 e 48/2020

Temáticas e Linhas de Pesquisa

Os projetos deverão abordar temas de relevância científica e social, apresentando as justificativas que atestem a importância e/ou a necessidade da pesquisa e que estejam relacionados às áreas tecnológicas prioritárias definidas pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. São eles:

a) Tecnologias Estratégicas, nos seguintes setores: Espacial; Nuclear; Cibernética e Segurança Pública e de Fronteira;

b) Tecnologias Habilitadoras, nos seguintes setores: Inteligência Artificial; Internet das Coisas; Materiais Avançados; Biotecnologia e Nanotecnologia;

c) Tecnologias de Produção, nos seguintes setores: Indústria; Agronegócio; Comunicações; Infraestrutura e Serviços;

d) Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável, nos seguintes setores: Cidades Inteligentes e Sustentáveis; Energias Renováveis; Bioeconomia; Tratamento e Reciclagem de Resíduos Sólidos; Tratamento de Poluição; Monitoramento, prevenção e recuperação de desastres naturais e ambientais e Preservação Ambiental.

e) Tecnologias para Qualidade de Vida, nos seguintes setores: Saúde; Saneamento Básico; Segurança Hídrica e Tecnologias Assistivas.

f) São também considerados prioritários, diante de sua característica essencial e transversal, os projetos de pesquisa básica, humanidades e ciências sociais que contribuam, em algum grau, para o desenvolvimento das Áreas de Tecnologias Prioritárias do MCTIC e, portanto, são considerados compatíveis com o requisito de aderência solicitado.

Bolsas

Os valores das bolsas têm como base a tabela de valores de bolsa do CNPq e serão pagas mensalmente pelo período de 10 meses: a) modalidades PIBIC, PIBIC-AF e PIBITI: R$ 400,00; b)modalidade PIBIC-EM: R$ 100,00. Os valores são os mesmos para as modalidades descritas no edital PIC/IFTO. 

Todos os detalhes sobre requisitos, obrigações, etapas, termos e anexos constam no Portal do IFTO: 

Edital 46/2020 PIC/IFTO/CNPq

Edital 48/2020 PIC/IFTO